julho 08, 2010

E não é que sou humana?



Bastou pedir. Bastou sonhar. Bastou querer com toda a força desamarrar a voz deste Desejo. Meio inconfessável. Por pouco, quase pecado. Bastou assumir que sou mulher e que a lua não está assim tão lá alto. Parece que a trago no bolso às vezes. Ou num pendente junto ao peito. Bastou confiar na Ordem que tudo governa. Bastou dizer que é a minha vez.

Tirar os sapatos e sentir a vida aos pulos. Deixar-me ir. Eu não tenho sempre de ficar. Nem assistir da janela à festa que passa diante da minha casa, branca e arrumada. Talvez saia para a rua e me junte à multidão que se deixa apaixonar. Que anda nas nuvens sem asas.Talvez passe todos os dias por uma caixa de correio e deixe lá um beijo num pedaço de papel. Sem dizer que é meu… E vá o resto do caminho pelo passeio a rir sozinha porque estou mais parva e é tão bom. Talvez me junte à multidão que paga o preço por todos os instantes em que foi mais importante mostrar Amor que ter razão. Vergonha. Ou medo. Por cada minuto que valeu a pena esquecer o feitio. Mudá-lo até. E não conseguir voltar a lembrar como era antes, porque quem ama só tem o depois.

Apeteceu-me largar a carapaça e correr para o mar mais depressa. Uma tartaruga nudista. Livre. Feliz por não ter porque se esconder. Nem carregar nada às costas. Guardo apenas o que é leve e que cabe no coração. Bastou perceber que nem toda a carga me pertencia. E arranjei espaço dentro de mim. Esvaziei-me.  Ficam-me mal as culpas. As memórias antigas dos erros que até o tempo já se esqueceu. Menos eu. Bastou perdoar-me para ver que nada havia afinal a perdoar. Mesmo quando penso que falho, o alvo é atingido e o planeta gira mais uma vez.

Bastou perceber que não há nuncas nem sempres. Por isso deixei de dizer adeus. Tudo é um eterno até já. Não há perdas. Definitivos. Coisas irreparáveis. Tudo tem uma função. Tudo. Cabe-nos relembrar qual. Se quisermos. Podemos adiar as nossas tarefas, mas ninguém as fará por nós. Bastou sorrir a cada arregaçar de mangas. Olhar para as peças dispersas do puzzle e  aceitar o desafio de as unir. Com paciência. Com confiança que  encaixamos num sítio. Numa pessoa. Que vamos encaixando em muitos sítios. Noutras pessoas.

Depois de olhar para cima, respirei, e dei um passo cá em baixo. Aquele que estava suspenso. E não é que o Universo de facto conspira!
Parece que estava mesmo ali, à espera que eu chegasse outra vez, com uma nova oportunidade, embrulhadinha com um laçarote,  para me oferecer. Obrigado. Ao que quer que seja que me acompanha na demanda sagrada de Ser inteira. E me permite não acertar à primeira. Nem à segunda. Que não desiste e me resgata uma e outra vez pousando-me docemente no lugar que é o meu lugar.

Bastou aceitar que não estava preparada. Talvez não fosse a hora combinada. Com as pressas cheguei adiantada e não esperei. E fui lenta a reconhecê-lo.
Hoje estou aqui de novo. E tu também. Se é que alguma vez foste embora. Sabe bem saber-te por perto. Incluído no meu Plano. 
Suponho que bastou não teres conseguido avançar sem aquela peça que sou eu que guardo. 
A que encaixa.
Basta agora experimentar…

IdoMind
About loose ends

4 comentários:

Shin Tau disse...

Oh Yeah!!! Hell yeah!!! let´s go!!!º´

Minha doce sis só tenho que te dizer que está no tempo certo, além do louco temos a lua em quarto minguante e com o eclipse do sol a chegar. É tempo de começar, de projectar, de querer e fazer!

Vai leva a peça e quem sabe encaixe no grande Plano, mas como disseste e muito bem, pelo menos, no mínimo encaixará no plano de te descobrires!

beIJCOAS E estou a adorar esta saga da tartaruga nudista eu sigo!!!

Beijcoas

IdoMind disse...

lol Finalmente estou cansada de não ir a lado nenhum...esta tartaruga vai viajar!

Acho que tens razão sis - é tempo. O meu tempo.
Mais uma vez o Universo conspirou. Estava determinada a por a casa bem bonita como eu gosto,dar-lhe pinta de lar. Tchan, tchan tchan... recebi hoje aquele dinheiro das Finanças de 2008...lol a todos lá em cima -OBRIGADO!

Agora falta o tartarugo. Que pode não ser nudista.Gosto de surpresas..
isto está bonito!

Lol
Minha irmã amo-te
Tu encaixas...

Então e a Bjork?

Shin Tau disse...

Eu encaixo tudo eheheheheh quer dizer, nem tudo encaixo lolol

All is full of love, amanhã no Grimoire haverá um video lindo sobre o amor, aquele....

Quanto à casa, finalemente hoje dei-lhe uma limpeza. Sempre estamos combinadas para sábado, certo? comprar coisas bonitinhas. :****

IdoMind disse...

Gastar! gastar! Gastar! Siiiiim

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...