junho 29, 2010

Pode ser que passe!

Agora só falta povoar o silêncio.Tapar com risos o barulho do vazio que se faz ouvir mais que nunca. Cobrir as paredes com fotografias parvas do beijo à homem-aranha ensaiado no chão da sala. Ou do ramo lindo de túpilas oferecidas no dia em que fugimos à hora de almoço para fazer amor.
Falta que me sujes a cozinha toda, na tentativa esforçada de cozinhar uma refeição especial, porque vou à frente no Campeonato das Surpresas Privado que organizámos. E marcar meio ponto a mais pela sobremesa, deliciosamente surpreendente…

Falta partilhar a manta no sofá. As emoções da última temporada do Dexter. O colo em que repouso e, por fim, adormeço. O colo em que confio. E dar o meu. Passar as dedos, suavemente, demoradamente, pela cabeça que sei cansada com as exigências do mundo. Acariciar-te, porque sei das tuas batalhas e da força que inventas para pareceres bem mesmo quando não estás. E quanto mais te conheço, mais te respeito. Falta dizer-te isto.
Vem, deita-te aqui ao meu lado. Faltam umas mãos à volta da minha cintura na cama. A segurar-me como se ali fosse onde eu sempre devesse estar. Falta calor. A presença de outro corpo colado ao meu no encaixe perfeito de duas partes que são uma. Falta acordar e ver-te.







Andei tão enganada por tanto tempo. Tenho a vida que imaginei ideal. Silenciosa. Tão quieta. À minha maneira. Sem a intromissão de outras maneiras a atrapalhar. A desarrumar a minha vontade. A contrariar os meus apetites egoístas. Está tudo como eu quero. Quando eu quero.
Para descobrir,que afinal, assim não quero.
Já chega. Gosto muito de mim, mas estou a ficar sem assunto neste diálogos amonologados que tenho comigo própria. Falta a ajuda para o meu vestido azul, que nunca consigo apertar até ao fim. E para tratar dos grelhados nos fins-de-semana com os amigos. Não quero ser sempre eu a desligar a televisão. Ou a luz da casa-de-banho. Já não tem piada dormir de peúgas…

Falta medir a altura contigo. Crescermos os dois juntos, a ouvir cada centímetro nascido da nossa união. Falta compreender que há muito mais para lá das nossas grandes perdas ou pequenos ganhos. Que a vida não é o resultado de somas e subtracções. Falta entender que é a dividir que se dá o milagre e tudo multiplica.
Falta experimentar contigo esta magia. E todas as outras que sei. Levar-te pela mão ao mundo que já não quero só meu.
Falta amor.
Daquele tipo que me faz escrever sobre beijos à homem aranha e festinhas na cabeça. Esse amor. Que não tem vergonha. Que fala. Que se mostra. O Amor que se divide. E aumenta.
Estou aqui. Com o meu amor. Para ser dividido.
Agora, só faltas tu…


IdoMind
about loving and caring, hugging and kissig...and so what?


4 comentários:

Shin Tau disse...

Ai que liiiiiiiiinduuuuu IdoMind

Que maravilha, deixaste-me comovida, sabes com aquele nó na garganta de quem se sente emocionada e não se consegue controlar!!!!

Eh pá...sem dúvida o texto que mais gosto escrito por ti e a música acaba com o resto.

Agora num pribate: quando te entregares assim, o homem que te tiver será o mais feliz ao cimo da terra! Que ele chegue no seu tempo mas que te quero ver assim, lá isso quero :***********

Love ya

Fada Moranga disse...

Animai-vos! Já esteve mais longe... ;-) Quem escreve assim deve ter moço do mesmo gabarito lá do outro lado, à espera do momento certo!
Bem hajas e beijos***deFada

IdoMind disse...

Shin,

Ah pois é..Toca a todos isto do amorzinho. Já viste como está a tua irmã?! Romântica!! lol

Conheces-me como ninguém e portanto sabes da importância desta confissão. Sinto mesmo falta da Outra parte...

Não pensei que fosses gostar, foi uma surpresa o teu comentário. Pensei que ias começar " esta gaja deve estar cansada de estar bem, tá o corpinho a pedir chuva." afinal até te emocionaste. Talvez porque casa uma destas palavras me veio meeeeeesmo do coração.

Que ele chegue..estou à espera..lol

Beijos e obrigado..

IdoMind disse...

Fada oh fada

que os deuses e deusas, anjos, fadas, e todas as criaturas te oiçam!!

Isso do momento certo é que é do catano. Para mim o momento certo é já!

Falta ter paciência..

beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...