maio 06, 2009

Depois do Passeio

Advertência
O que se segue é o resultado de um teste publicado no post anterior “Vamos a um passeio”. Quem não fez o teste e gostaria de o fazer, talvez seja melhor ler este post depois…

Depois do Passeio

Conforme combinado, vou plantar o resultado do teste “ Vamos a um Passeio”.
Antes disso, as respostas desta jardineira foram as seguintes:

  1. A minha floresta está repleta de árvores centenárias. Muito fortes.Muito seguras de si.Viveram tanto que entendem. Estão tranquilas. Sinto sabedoria na minha floresta e sei que estou protegida.
  2. Apanhei imediatamente a chave e levei-a na mão. Porquê? Porque achei que todas as chaves são sempre precisas...revelam-nos coisas para lá das portas.
  3. O muro que apareceu não tinha mais que uns escassos centímetros. Cerca de duas fieiras de pedras rústicas, daquelas que ainda hoje em dia vemos a dividir os terrenos em certas aldeias. Bastou-me levantar um pouco a perna, dar um passo e passei muito facilmente o muro. Olhei depois para trás e pensei “ Que pena terem construído isto aqui, não se enquadra nada neste sítio”.
  4. A casa que me apareceu era simples. Não que fosse modesta ou pobre, mas prática, sem grandes adornos ou detalhes meramente estéticos ou decorativos. Simples nesse sentido. Todas as divisões tinham tudo o que era necessário, nem mais, nem menos. Uma casa para morar com conforto sem excessos. Senti-me bem na casa, mas não era minha.Não era para ficar. Parti.
  5. O meu lago….ui…era algo saído de um conto fabuloso qualquer. Meio místico, meio secreto. Havia nele uma atracção misteriosa. As águas não eram nem quentes, nem frias. Tépidas, temperadas. Não mergulhei porque o meu lago não tinha fundo. Eu sabia que a sua profundidade era tanta que o lago não tinha fim, então não entrei.

Agora aqui vai o significado de cada símbolo utilizado para aceder os recantos da nossa mente:
A floresta – simboliza a forma como estamos e nos sentimos na nossa vida neste momento.
A chave – simboliza a forma como vemos a amizade.
O muro – simboliza a forma como vemos e ultrapassamos os problemas que surgem.
A casa – simboliza a forma como vemos e nos relacionamos com a nossa família mais directa.
The best for last…
O lago – simboliza a forma como vemos e nos comportamos ao nível sexual.

Que tal? Eu adorei este passeio. Divertido e revelador, inspirou-me a poderar sobre as respostas dadas. Confesso que fiquei surpreendida com a incisão dos resultados. Foi nos detalhes que me revi e acredito que cada um imaginou e imaginará os cenários de forma totalmente diferente, também enriquecidos dos pormenores que faz de nós singulares.
Uma pequena nota, não fiquem assustados se responderam que montaram uma tenda na beira do lago e passavam o dia dentro de água. Conheço um médico, que dizem, é excelente….

IdoMind

16 comentários:

Marise Catrine disse...

Querida IdoMind,

Estava tão curiosa com este teste...(ai esta impaciência) mas
ainda estou a digerir os resultados.
Tenho dúvidas quanto ao significado da minha floresta e preocupa-me a simbologia da casa.
Bem, arrisco a publicar os meus resultados, pode ser que alguém me ajude. (hihihihi)
1. A minha floresta não é densa mas tem árvores altas, de todas as espécies. Vejo o céu e a luz que irradia por entre os ramos.
2. Guardo a chave pois espero encontrar uma porta para a abrir.
3. O muro é baixo e feito de pedras gastas e soltas. Salto o muro e sigo em frente.
4. A casa é plana e atractiva. As janelas estão abertas e têm vista sobre um maravilhoso jardim. Não entro.
5. O lago é relativamente pequeno, de águas limpidas. Tem nenúfares maravilhosos e a temperatura da água é amena. Não entro pois sempre tive receio de águas paradas. Prefiro sentar-me na sua margem e apreciar a paisagem.
(eh lá?! LOL)
E pronto, cá estou eu no meu melhor. Mas será relavante dizer que durante a minha caminhada, senti algum receio por estar sozinha perante o desconhecido.
Dás-me o número do médico? LOL

Beijocas e obrigada por estes momentos.

IdoMind disse...

Marise, a grande..
Adorei que tivesses a coragem para publicar as tuas respostas.

Bom, só tu saberás o que sentiste em cada etapa mas vou dizer-te o que eu leio das tuas palavras:
a floresta pouco densa e com árvores altas diz-me que estás consciente do trabalho a fazer.Sabes quais as áreas da tua vida pessoal e da tua trajectória que exigem mais de ti em termos de evolução.Não são muitos os problemas a resolver e já percebeste que só olhando para cima e trazendo luz aos assuntos, conseguirás cumprir as tarefas a que te propuseste.

Quanto à casa...eu não sou a melhor pessoa para falar...lol viste a minha resposta!

A tua casa:tudo muito bonito e apelativo mas não entras. Parece que a tua forma de estar é bem diferente da da tua família. Sentes que são algo irresponsáveis?Sentes instabilidade em relação á tua familia? Como disse, só tu poderás analisar o que sentiste, parece que há problemas, ou pelo menos para ti é um problema, com a exposição, com o respeito pela privacidade.Não sei...

Então com um lago de águas limpidas e amenas tu ficas a olhar!!!!lol
Concordo contigo, também não meto os pés em águas paradas...muito giro Marise.

Obrigada por este bom bocado estive divertidissima a deitar-me a adivinhar o que pode ir na cabeça de alguém que não conheço..
Beijocas muitoooo grandes
IdoMind

Marise Catrine disse...

Hello my dear,
Pois é, no meio da brincadeira conseguimos obter momentos de grande reflexão.
THANK YOU!
Amei a tua análise. Faz todo o sentido com o que sinto (a luz como guia).
A questão da casa foi uma grande ajuda minha querida Jardineira. Não sabia o que pensar ao certo mas ao ler as tuas palavras fez-se um pouco de luz. Passa pela forma de estar e pelos interesses de vida serem diferentes. Quiça alguma instabilidade à mistura por sentir alguma falta de demonstração afectiva e de reconhecimento por parte da figura paterna?! Não se trata de "negligência" mas apenas de sonhar com um pouco mais de expressividade nesses campos.
Quanto ao lago. Ai o lago... Olha pode ser que um dia fiquemos as duas a comtemplar alguma preciosidade dessas. LOL.

(Ah, mas eu já ouvia falar da mana da Shin há muitos anos... só me falta conhecer pessoalmente. :P)

Uma grande Beijoca e continua com estes momentos maravilhosos.

Viajante disse...

Olá IdoMindo

Pois estes testes são ideais para nos apanharem na curva e deitarem abaixo a tal imagem que andamos anos a fio a construir.
Gostei da brincadeira
Espero que estes tempos tenham sido bons para si

Um Beijinho

O Viajante

Ps. aquela do lago...hum!! pois não sei.

Viajante disse...

Olá IdoMind

Agora estava a ler o que tinha escrito e reparei que escrevi mal o seu "nome de guerra". Contudo quando li fez sentido "I do mind do". De facto querida amiga eu tenho um feeling que atrás da mulher da palavra existe a mulher da acção. Espero que me desculpe.

Um beijinho grande

O Viajante

IdoMind disse...

Lol Viajante,

Aí está uma ideia gira para outro blog que talvez venha a criar...

Pois é, este teste também foi revelador para mim.Pensamos que pensamos e sentimos que sentimos determinada coisa e afinal às vezeslá bem no fundo a verdade é outra...
A minha resposta da casa, para mim, foi de cair o queixo.
A do lago fez-me sorrir...fogo!

Os tempos têm sido de mudança e de crescimento para mim, demasiadas mudanças para esta taurina.Mas enfim dizem que isso é bom, não é?

Um abraço muito grande e espero que os seus tempos sejam o príncipio de um tempo cheio de amor e de fé em si
IdoMindo

António Rosa disse...

Não me atrevi a deixar aqui o resultado do meu teste. Estou como o Viajante: ná,ná - lol. Anos a construir uma imagem para depois ficar com imensos flancos a descoberto? Muitos já eu sei quais são.

Deixo uma pergunta: «Os Arcanjos, hoje em dia, são pop?»

Beijo

Léo disse...

AHUAHUAHUH, Montar uma tenda na beira do lago e se banhar. KKKKK Gostei da piáda.

VAMOS SER HOMENS e POSTAR A VERDADE?

Lá vai.
A minha Floresta: Uma floresta com arvores e um gramado, Tem uma fonte de água também. O Céu é estrelado.
Interpretação: Então eu estou de bem com a vida, pois eu caminhei a noite e não tive medo da minha floresta.

A Chave: Pego a chave, Guardo-a, Porque ela não pode ficar jogada alí sem propósito.
Interpretação: Nenhuma amizade minha é ao acaso. Sempre tem uma profundidade maior.

O Muro: Um muro cimentado e chapiscado com Trepadeiras. Muito alto. Eu não tento ultrapassar o muro.
Interpretação: Tenho dificuldades para transpassar obstáculos. Prefiro contorna-los, Evitar confrontos.

A Casa: Uma fortaleza, um castelo antigo, Não entro na casa, mais sinto que estou em um filme.
Interpretação: Falta-me a privacidade que necessito de minha família. Sou muito controlado indiretamente, Não gosto que me ponham rédeas ainda que na ironia.

O Lago: Um lago pequeno, Turvas mais límpidas, Não vejo o fundo. Águas Gélidas, Nada de especial. Não mergulho, Apenas observo, Me sinto indiferente, O lago não me diz nada.
Interpretação: Vejo que o sexo não é muito importante para mim, apesar de ter um tesão anormal pelo ser feminino, vejo que a minha felicidade está em dar prazer a parceira e não só receber.

E aí moça... Contente com a minha sinceridade indiscutível? KKKKKKK

Digamos que tem muito homem aí mudando as respostas sobre acampar a beira do lago e fazer pesca aquática. KKKKKKKK

Ahhhhhhhh Homens...

Direto do Brasil. SENDO SINCERO.
Um beijão moça IdoMind. Saudades.

IdoMind disse...

Caro António,

Ahhh pois é! De vez em quando a verdade escondida decide revelar-se e até engolimos em seco.Mas para mim, por exemplo, foi interessante ver como vejo a minha vida actualmente e a família ( não vamos falar da questão sexual lol, lol)
Beijos e espero que se tenha divertido
IdoMind

IdoMind disse...

Lèo,

Você é Grande!!!!
Adorei as tuas respostas, especialmente "..pois eu caminhei a noite e não tive medo da minha floresta." Isto diz muito.

As tuas respostos são profundas e mexem com emoções a sério, obrigada pela coragem de as partilhares.Obrigada mesmo.Acredito que o primeiro passo para sarar as nossas feridas emocionais é vê-las e depois admiti-las.

Preocupou-me o teu lago. Tu assim não te divertes como devias, andas a perder um bocado moço! Queres o número do médico? lol lol

É claro que amei a tua sinceridade, sempre frontal, sempre irreverente, sempre fresca.Mantem, eu agradeço.


Meu Léo Tornado muitos beijinhos e bons mergulhos

IdoMind disse...

Léo,

e sentires que estás num filme em relação à tua família...só mesmo tu!
beijocas

Léo disse...

Moça IdoMind.

De Facto. Aqui em casa eu sou um personagem de um drama. KKKKKKKK Desenrolaremos isso numa conversa mais calma algum dia.

Sobre o Lago. Hum... Quero o TEL da Medica Ok? KKKKKKKKKKK
Conversaremos sobre isso em um dia calmo também. E eu explico tudinho.

Direto do Brasil.
Beijinhos.

Caillean disse...

Minha linda IdoMind

Surpresa com o que encontrei no jardim nao o conhecia e com o carinho da acolhida. Obrigada pelas suas doces palavras, a Shin Tau se tornou uma pessoa especial para mim e assim vamos todos nos conhecendo aos pouquinhos e isso é muito magico e especial.

Ahhhhh quanto ao teste quando li sua análise quase caí pra tras rsrsrs eu me atirei de cabeça na maior folga kkkk, mas eh meu jeito de ser....e nao me arrependo :)

Estarei vindo aqui com mais frequencia e sempre que puder deixarei uns raios de Sol neste lindo Jardim.

Beijinhos encantados
)0(

IdoMind disse...

Bela Caillean,

Que neste Jardim as flores mágicas como você possam encontrar um lar.

Fico tão feliz com que venha embelezar este canteiro.Obrigada.

Quanto ao teste...danadinho, einh?

Beijinhos doces

Anni disse...

Olá,

Curioso como conhecemos um exterior e depois as palavras que são verdadeiras (e que coragem publicá-las num blog!) dão outra imagem completamente distinta. E, quando nos descrevem pormenores que não são visiveis a olho nu (lá dizia Saint-Exupéry), há todo um mundo dentro de cada pessoa que nos escapa no dia-a-dia.

O meu teste :)
A floresta tem muitas árvores, de vários tipos, altas e baixas e rodeiam-me sempre mas existem caminhos e neles vejo o céu, o horizonte com facilidade. Tem sempre um rio perto, com o cantar da água corrente uma companhia constante.
Guardo a chave no meu bolso com muito cuidado. Verifico bem o bolso porque penso que se ela cair no chão da floresta nunca mais a encontrarei.
O muro é de pedra antiga, pequenos bloco empilhados, rústico e dá-me pela cintura. Não o salto porque ele não é contínuo, tem intervalos e só preciso andar um pouco e passar por um desses espaço para seguir em frente.
É uma casa rústica e pequena mas muito confortável. Entro e penso que sim, consigo viver aqui porque me sinto bem mas, se for para ficar vou ter de trazer algumas coisas que eu gosto de ter e que a casa não me dá. No exterior é um enorme descampado, com vista em toda a volta completamente desimpedida.
O lago é enorme, imponente e, não tento mas tenho ideia que a água é fria. Sento-me à frente do lago e fico ali porque me traz Paz como nenhum outro local.

Eh, sem análises porque é difícil olhar (bem) para nós mesmos.

Sabes quem eu sou?

IdoMind disse...

Olá Anni,a mulher mistério..uhhhh

Lol pelo jeito de falar conheces-me, logo só podes ser boa boa pessoa.
Sim, é verdade, nós somos um mundo dentro de nós mesmos e nem todos estão convidados a visitá-lo...

Este Jardim tem-me ajudado nisso sabes.A afastar o medo do meu mundo não ser um sítio bonito para se visitar.

Gostei das tuas respostas. Não avaliei...ainda aando às voltas com a minha própria análise.

Com que então sentes paz no lago? Como eu te percebo!lol

Muitos beijinhos seja quem fores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...